Empatia e paciência são as palavras-chave para ter jovens aprendizes mais envolvidos com a empresa

Aprendizes sempre trazem novos ares para qualquer empresa. Não é segredo que oferecer oportunidades para que adolescentes e jovens deem seus primeiros passos no mundo do trabalho pode ser benéfico para todos os envolvidos. Porém, oferecer uma oportunidade não descarta a necessidade de motivá-los continuamente para que se envolvam com suas atividades e com a empresa. Este é um passo muito importante se você deseja não apenas contribuir com a evolução profissional e pessoal dos jovens, mas também inseri-los de forma integral e até mesmo a longo prazo.

Veja abaixo algumas dicas para motivar e inspirar os jovens aprendizes no dia a dia:

Exercite a empatia

Para ter esse ambiente positivo, é preciso desenvolver a empatia com quem está começando. Se colocar no lugar do outro e lembrar como foi quando você começou, as barreiras que você teve que enfrentar e os erros que cometeu, é o primeiro passo para ter uma relação harmoniosa com os aprendizes.

Deixe claro que errar faz parte

O medo de errar pode ser um grande obstáculo e um dos principais motivos para que jovens não atinjam todo o seu potencial. Por isso, é importante criar um ambiente no qual o erro seja corrigido, mas aceito. Errar deve ser algo a ser evitado, mas não deve ser motivo para repreensões, e sim oportunidades de aprendizagem.

Dê voz a eles

Se eles estão lá, devem ter a oportunidade de agregar não é mesmo? Por isso, é fundamental que eles tenham voz nas decisões e reuniões do time. Normalmente, a inexperiência é compensada por visões de mundo diferentes nestes casos, mostrando soluções e caminhos que ninguém mais estava vendo.

Defina metas realistas

Metas são importantes para a motivação de qualquer trabalhador, mesmo para os que estão tendo sua primeira experiência profissional. Por isso, é importante buscar um equilíbrio e estabelecer metas realistas. Isso motiva e dá objetivo para quem está querendo aprender.

Seja paciente

Por fim, uma dica que vale para qualquer relação de trabalho. A paciência é o melhor caminho para lembrar que, quando se trata de jovens aprendizes, os resultados são uma meta secundária, uma vez que o principal objetivo é a aprendizagem.

Fonte:

https://www.cieepr.org.br/como-motivar-os-jovens-aprendizes-da-sua-empresa/

Compartilhe nas Redes Sociais