Exemplo: Venda de uma ativo financeiro por R$ 14.300,00 em dinheiro e concomitantemente a entrada de um compromisso de recompra no prazo de 3 meses por R$ 14.600,00

Na data da venda

  • Debitar: Caixa
  • Creditar: Financiamentos
  • Valor: R$ 14.300,00

No decorrer dos 3 meses deve-se reconhecer a despesas de juros mensalmente com base na taxa efetiva de juros. Ao final de 3 meses o reconhecimento será de R$ 300,00 de juros resulta em:

  • Debitar: Despesas com juros
  • Creditar: Financiamentos
  • Valor: R$ 300,00

Na data da recompra:

  • Debitar: Financiamentos
  • Creditar: Caixa
  • Valor: R$ 14.600,00

2) Venda de recebíveis de uma entidade com coobrigação (se algum recebível deixar de ser pago, a entidade vendedora se compromete a realizar o pagamento para a compradora dos recebíveis). Esse é o caso normal, no Brasil, no desconto de duplicatas. O valor da venda de carteira de recebíveis foi de R$ 10.000,00 em dinheiro. Sabe-se que o valor futuro da carteira é de R$ 11.000,00 e que seu prazo médio é de 10 meses.

Na data da venda

  • Debitar: Caixa
  • Creditar: Financiamentos (duplicatas descontadas)
  • Valor: R$ 10.000,00

No reconhecimento dos juros

  • Debitar: Juros a incorrer (passivo)
  • Creditar: Financiamentos (duplicatas descontadas)
  • Valor: R$ 1.000,00

Na competência mensal dos 10 meses:

  • Debitar: Despesas com juros (resultado)
  • Creditar: Juros a incorrer (passivo)
  • Valor: R$ 100,00

Na data do recebimento ao final dos 10 meses terá o acumulado dos seguintes registros:

  • Debitar: Despesas com juros (resultado)
  • Creditar: Juros a incorrer (passivo)
  • Valor: R$ 1.000,00

Na liquidação:

  • Debitar: Financiamentos (duplicatas descontadas)
  • Creditar: Valores a Receber (clientes)
  • Valor: R$ 11.000,00

Importante salientar que se um ativo financeiro transferido continuar a ser reconhecido, o ativo e seu passivo associado não devem ser apresentados pelo valor líquido de sua confrontação. A entidade também não deve fazer nenhum offset de nenhuma receita do ativo com as despesas incorridas pelo passivo associado à transferência

Deve manter o seu registro

  1. Valores a receber pelo seu valor original das vendas
  2. Registrar as duplicatas descontadas pelo seu valor negociado
  3. Nunca pelo líquido (valor das vendas menos o valor das duplicatas descontadas

Garantia contratual financeira, é definida em contrato que exige que o emissor da garantia efetue pagamentos específicos ao beneficiário de garantia.

CPC 25

Vendas com coobrigação: Um banco F vende sua carteira de crédito que tem um valor contábil de R$ 100.000,00 por R$ 98.000,00. O Banco F dá uma garantia (coobrigação) de R$ 1.000,00 para compensar o comprador de possíveis perdas de crédito. O contrato estabelece que o banco tem que aprovar a revenda dos recebíveis. As perdas com base nas perdas históricas são de R$ 3.000,00

  • Debitar: Caixa 98.000,00
  • Debitar: Perda na venda 2.000,00
  • Creditar: Operações de crédito 99.000,00
  • Coobrigação do ativo vendido: 1.000,00
Compartilhe nas Redes Sociais