Atualmente a Filosofia Lean tem ocupado um papel de destaque nas organizações visando o aperfeiçoamento dos processos em busca da competitividade. Assim, a padronização dos processos se destaca, nas ações de curto prazo, como um conceito poderoso na contribuição da construção de resultados sustentáveis, otimizando investimentos de recursos que trarão retorno de longo prazo.

Etapas sequenciais de processo:

  • Sequência de operação: É e a melhor sequência das atividades que o operador deve realizar para produzir o produto ou serviço.
  • Sequência de processo: É a melhor sequência de processo de fabricação do produto ou serviço; aquela que mais agrega valor.

A padronização do trabalho é um referencial da sequência das atividades aplicada ao produto ou serviço. Contribuindo para que o operador entenda de forma clara a qualidade, quantidade e a segurança na execução da atividade com maior eficiência.

Abaixo alguns formulários utilizados na padronização dos processos:

Tabela de combinação de trabalho padronizado (TCTP): Sintetiza as sequências das atividades e o tempo de sua execução;

Diagrama de trabalho padronizado (DTP): Este diagrama mostra a movimentação do operador e a localização do material com relação à máquina e ao layout do processo total.

Procedimento operacional padrão (POP): Ferramenta utilizada para minimizar dificuldades da manutenção da padronização do trabalho, resumindo-se como um documento que apresenta o roteiro padronizado do processo.

Os benefícios da implementação dos conceitos do LEAN são percebidos através da estabilização dos processos; na definição do início e fim de uma atividade, gerando uma base de informação para estudos, auditorias e melhorias.

Kahneman destaca em seu livro, duas formas de pensar: o modo automático e o modo oneroso

  1. O pensamento automático tem baixa carga intelectual, baixa exigência cognitiva, processamento rápido das informações, com definições rápidas. O fator que contribui para uma decisão ágil é a repetição.
  2. O pensamento oneroso tem alta carga intelectual, sendo um processo que demanda mais tempo para processar as informações; e as definições, entre outros fatores, variam de pessoas para pessoa.

Em decorrência dos fatores acima e modos diferentes das pessoas agirem frente uma demanda de atividades, a padronização dos processos visa eliminar dúvidas, estabelecendo um roteiro claro e preciso para eliminar custos ociosos, atingindo melhor competividade da organização de acordo com os anseios dos clientes na execução das atividades que agregam valor.

Para priorizar as atividades que devem ser mapeadas, a ferramenta Mapeamento do Fluxo de Valor (MFV) auxilia enxergar o processo por completo possibilitando a identificação dos locais que precisam de melhoria. Processos gargalos são os responsáveis por reduzir a capacidade de entrega do produto. Deve-se dedicar esforço da equipe para encontrar soluções, realizar plano de ação, implantar e padronizar.

Material desenvolvido por:

Carlos Rafael Arnou

Compartilhe nas Redes Sociais