Lei Sarbanes-Oxley

0
598

A lei Sarbanes-Oxley de 2002 reescreveu, literalmente, as regras para a governança corporativa, relativas à divulgação e à emissão de relatórios financeiros e torna Diretores Executivos e Diretores Financeiros explicitamente responsáveis por estabelecer, avaliar e monitorar a eficácia dos controles internos sobre relatórios financeiros e divulgações.

O pleno conhecimento da lei e as responsabilidades é um fator de destaque na sua formação profissional. Vide no anexo o material elaborado pela Deloitte

Desejo a você uma boa leitura.

Prof. Alexandre Wander

Invista na sua formação profissional; o conhecimento é o caminho mais curto e seguro para o sucesso profissional.

Deloitt Sarbanes Oxley[1]

Compartilhe nas Redes Sociais