A Klabin fechou o ano com uma Receita líquida de $ 11,948 bi e um EBITDA de $ 4.906 bi; porém com um prejuízo de $ 2,389 bilhões, tendo como maior impacto as despesas financeiras em $ 7,993 bilhões ja que a margem operacional foi de 26,90% superior ao ano de 2019 que foi de 24,60%..

O endividamento líquido fechou em $ 19.782 bilhões e teve um aumento de 38% em relação ao ano de 2019 resultando num índice Dívida/Ebitda de 4,0.

Os investimentos no imobilizado no valor de $ 5,174 bilhões e foi um dos fatores do incremento do endividamento. Ou seja a EMPRESA vem efetuando investimento de crescimento para atender a demanda do MERCADO.

Com a facilidade ao crédito a empresa manteve a liquidez corrente em 2,98.

O ROI foi de 8,98% consequência do giro de 0,39 e da margem de 23,09% indicando que a EMPRESA efetua investimentos pesado no seu ATIVO OPERACIONAL, porém com uma MARGEM atrativa de 23,09%.

O beta do mercado fechou em 0,39 e ficou abaixo de 1 e com isto as ações da EMPRESA encontra-se mais segura do que a carteira teórica de ações da BOVESPA.

PARABÉNS a administração da Klabin pelo excelente resultado em plena pandemia.

Deixamos claro que a ANÁLISE FUNDAMENTALISTA é de caráter acadêmico em validação as metodologias avaliadas em sala de aula, e não assumimos qualquer tipo indicação nas compras e venda de ações da EMPRESA e qualquer ponderação visite o site da empresa em seus relatórios disponibilizados aos investidores e mercado.

Em nosso site você encontra análise fundamentalista das principais EMPRESAS da BOVESPA desde o ano de 2009.

Prof. Alexandre Wander

Gecompany o canal amigo do JOVEM UNIVERSITÁRIO. Inscreva-se e compartilhe
https://www.instagram.com/p/CLx3of2DlOP/?igshid=idxgwiug20v5

Compartilhe nas Redes Sociais